Seguidores

terça-feira, 10 de julho de 2018

Nunca mais viva nada pela metade, viu?


Você é um ser maravilhoso, merecedor e muito amado!
Nunca mais viva nada pela metade, viu? Procure ser você por inteiro, sempre!
Pare de jogar fora o que há de mais precioso: a vida! Viver é experimentar, dar-se a oportunidade! Não precisa ter medo de mais nada, viu? Vem viver, vem!
Há uma voz gritando dentro de você, pedindo para você explorar mais todo o seu potencial, toda sua competência, toda sua capacidade, todo o seu talento. Pare já de se anular, de se menosprezar. Escreva a sua própria história e faça isso bem feito!
Cuidado com os venenos da vida moderna que são oferecidos diariamente convidando para você esquecer o amor, para você se alienar, tá?
Seja mais você e nunca desista de nada! Não desista de nenhum dos seus sonhos! Vá até o fim! Você é capaz! Você tem poder! Você é um ser maravilhoso, merecedor e muito amado! Você foi desejado e escolhido, sabia? Você é filho de Deus! Quer título maior que esse?
Portanto, nunca mais seja injusto com você mesmo! Viva a sua vida plenamente! Faça tudo o que precisa para viver por completo, para que não chegue no final sem ter se arrependido por não tentar, por não se dar a chance.
Sua vida vale muito! Sua vida é muito mais do que qualquer razão para você desistir do que se propôs a fazer. Sua vida é muito mais do que seu passado, mesmo que não tenha sido tão bom! Sua vida é muito mais do que as suas experiências com o sofrimento, com a dor, com os seus medos e fantasmas.
O futuro chegou e está aí para você ser tudo o que sempre desejou. Dê mais valor à vida! Dê mais ouvido àquela voz que vem de dentro porque vem de Deus. Você é filho Dele e sua ligação com o Pai jamais será desconcectada.
Bom Dia! Bom Divertimeno! Sucesso! Saúde! Paz!
"Viva a sua vida com todo entusiasmo que puder, com toda intensidade que você merece"

segunda-feira, 9 de julho de 2018


Voe alto

Logo após a primeira Guerra Mundial, De Haviland, jovem piloto inglês, experimentava o seu frágil avião monomotor numa arrojada volta ao redor do mundo.
Pouco depois de levantar voo de um dos pequenos e improvisados aeródromos na Índia, ouviu um estranho ruído que vinha de trás de seu assento. Logo percebeu que havia um RATO a bordo e que este poderia roer a cobertura de lona, destruindo seu frágil avião.
Ele poderia voltar ao aeroporto para livrar-se de seu incômodo, perigoso e inesperado companheiro de viagem. Lembrou-se, contudo, de que os ratos não resistem a grandes alturas.
Voando cada vez mais alto, percebeu, pouco a pouco, que cessaram os ruídos que quase punham em risco sua viagem.
Assim é a vida?
Quando RATOS ameaçarem destruir você por inveja, calúnia ou maledicência, voe mais alto!
Se lhe agredirem? Voe mais alto!
Se lhe ofenderem? Voe mais alto!
Se lhe acusarem? Voe mais alto!
Se lhe criticarem? Voe mais alto!
Se lhe cometerem injustiças? Voe mais alto!
Lembre-se: Ratos não resistem às alturas.

domingo, 8 de julho de 2018


Valorize mais o ser do que o ter nas pessoas
Você tem um grande poder nas mãos, sabia? Sim, sim salabim!
Você tem o poder de validar as pessoas! Só você pode confirmar para um certo alguém que ele existe, que é verdadeiro, importante, imprescindível e que tem valor.
Quem será que está esperando? Talvez, por uma vida inteira um simples gesto seu? Se pai? Sua mãe? Um de seus irmãos? Seu filho? Um amigo, um colega, um conhecido... Quem?
Você já experimentou essa sensação de ser reconhecido, amado, abraçado, respeitado por alguém? Em algum momento de sua história de vida você também já se sentiu inseguro, certo? E o que mais você desejava era, e talvez ainda seja, de ser validado, ser reconhecido, receber carinho.
Alguém tem que dizer que você é bonito, por mais lindo que você seja. Muitas vezes o autoconhecimento não resolve o problema porque ninguém pode autovalidar-se. Tem gente por aí que se sente um ninguém, sabia? Você será um ninguém até que alguém que você ama, valide você como alguém! Validar significa simplesmente confirmar que a pessoa existe! Só isso!
Tente sair de si mesmo e valide as pessoas que você ama ou que estão em sua vida. Sabe como? Muito simples porque seu coração sabe o que fazer e o que falar. Basta dizer assim com o coração: "Você tem muito significado pra mim, tem muita importância em meu viver. Gosto de você pelo que você é".
As vezes basta um olhar, um abraço, um parabéns, uma lembrancinha, um elogio, uma conversa, um dedão pra cima, um "valeu, amigão"
Mas o bom mesmo é dizer descaradamente, sem vergonha, viu?
É bom ter em mente que os que menos merecem são os que mais necessitam, viu? E isso encaixa muita coisa em sua vida, porque quantas vezes você também errou exatamente por estar esperando um carinho, um reconhecimento? Essas duas coisinhas preciosas em nossa vida: carícias e reconhecimento... Ah, como é bom!
E a tal de insegurança em todo mundo se transformou num grande problema na humanidade. Com certeza seríamos menos neuróticos, menos egoístas, menos consumistas, menos loucos e agitados se sentíssemos mais amor, mais segurança. Trabalharíamos menos, levaríamos a vida mais numa boa, né?
Diminua por si mesmo a insegurança que teima em bater à sua porta, tá? Faça a sua parte por você, que tanto merece, e pelos outros também!
Valorize mais o ser do que o ter nas pessoas. Treine mais a sua competência de validar alguém todos os dias; Se quisermos ver um mundo melhor, menos inseguro, precisa fazer a sua parte. Elogie alguém hoje e depois me conte!
Bom Dia! Bom Divertimeno! Ame e permita-se ser amado hoje. Fique com Deus!
"Nem se preocupe tanto com a sua própria insegurança e nem queira ficar mostrando que você é o máximo. Diga a seus amigos, a seus parentes que o máximo são eles"

sábado, 7 de julho de 2018


Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... Isto é carência.
              Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... Isto é saudade.
             Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos... Isto é equilíbrio.
              Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida. .. Isto é um princípio da natureza.
              Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto é circunstância.
            
  Solidão é muito mais do que isto.
              Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma....
              Francisco  Buarque  de  Holanda

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Sempre quis saber...

Me diga, como é viver com um pai em casa? Como é acordar com sua voz bebendo café, ouvir seu bom-dia atrasado ao serviço? Como é ter um pai entrando no quarto secretamente, para ver se finalmente dormi? Um pai que confere a extensão das cobertas e se as janelas estão fechadas? Um pai que coloca remédio de mosquito e esfrega a manga morna do pijama em minha testa? Como é ter um pai que me acompanha na consulta ao médico? Um pai que assina o boletim? Como é ter um pai perseguindo baratas pela tranqüilidade doméstica? Como é brincar com um pai: aprender a dobradura de papel de chapéu e barcos? Como é ter um pai para perguntar que horas ele voltou do trabalho? Como é empurrar um pai pelos barulhos estranhos no pátio? Como é ter um pai angustiado com a demora materna, e que me dá banho, me oferece janta e esconde sua preocupação? Como é ter um pai para segurar as lâmpadas enquanto ele sobe na escada? Como é ter um pai para se escorar enquanto ensaio a primeira sequência de passos? Como é andar de bicicleta com um pai? Observar atrás se ele me segue? Como é escutar o ronco terrível do pai e se sentir protegido? Como é ter um pai para reclamar docilmente da mãe, dizer que ela não me entende? Como é ter um pai que não me entende? Como é ter um pai para frequentar a casa dos avós no final de semana? Como é ter um pai para xingar e logo após reaver a gentileza do abraço? Um pai que estará no seu escritório, num lugar certo, a facilitar minha desculpa? Como é ter um pai para responder com confiança aos seus conhecidos como está meu pai? Um pai para me levar aos jogos de futebol e ocupar o trajeto de volta comentando o resultado? Como é ter um pai para receber presentes de aniversário, e me ajudar a retirar o papel bonito sem estragar? Como é ter um pai para sanar as dúvidas das aulas, as operações difíceis, as curiosidades sobre planetas, estrelas e bichos? Como é ter um pai mais rápido do que o dicionário e que conta o que significa tal palavra? Como é ter um pai com passado? Como é ter um pai chateado, endividado, alinhando contas do que não podemos mais gastar? Como é ter um pai com emprego novo, que não pára de falar das novidades no almoço? Como é ter um pai para pedir o carro emprestado? Um pai para inventar uma mentira e dormir fora de casa? Como é ter um pai aguardando na saída da escola? Como é ter um pai preocupado, confessando que perdeu o sono quando na verdade o esperava na madrugada? Como é ter um pai para me convencer que as dores passam, que amanhã estarei bom, que eu tive coragem? Como é ter um pai a me orientar - de um modo patético - sobre transar com segurança? Como é ter um pai beijando a mãe, sussurrando qualquer coisa que a faça rir, e eu me escondendo para que não me vejam? Como é ter um pai para sair ao cinema, e escorrer pipocas pelas suas mãos? Como é ter um pai para sentir saudade devagarinho, de um dia para outro ou por algumas horas? Como é ter um pai preocupado em fotografar a família nas férias? Como é ter um pai festejando uma promoção com jantar no restaurante predileto e só entender sua alegria? Como é ter um pai histérico, procurando seus óculos, seus livros e cartões extraviados? Como é ter um pai alegando que estava nervoso depois de uma grosseria e compreender que é o máximo que ele se aproximará de um perdão? Como é suportar um pai cantando desafinado suas músicas antigas? Como é ter um pai a me socorrer e convencer a mãe a gostar de minha namorada? Como é sentar no sofá com um pai e assistir um filme reprisado e comentar: “esse eu já vi”: e continuar assistindo a amizade de sentar ao lado dele? Como é ter um pai para ser parecido com ele? Como é ter um pai vibrando com minha aprovação no vestibular, pregando faixas na frente da residência? Como é ter um pai para procurá-lo nas centenas de poltronas da formatura? Como é ter um pai que explica que “as coisas eram diferentes no seu tempo”? Como é ter um pai que não descobriu que envelheceu porque empresto meus olhos da infância? Como é ser espetado no rosto pela barba do pai? Faz coceira, arranha? Sempre quis saber…

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Entre Em Contato Conosco!



♥️🎧STEVIE B / BECAUSE I LOVE YOU (TRADUÇÃO LEGENDADA) 🎵♥️


Nunca mais viva nada pela metade, viu?

Você é um ser maravilhoso, merecedor e muito amado! Nunca mais viva nada pela metade, viu? Procure ser você por inteiro, sempre! Pare ...